terça-feira, 2 de setembro de 2008

Caminho do Tejo - dia 3

Acordámos às 7h00 com um chorrilho de badaladas que tocava mesmo ao lado dos nossos ouvidos. Desmanchámos campo e fomos tomar o pequeno almoço. Caímos no erro de ir a um café mesmo no centro, pelo que fomos enganados: o café estava péssimo, um bolo era intragável e o pão do dia anterior. Um brasileiro que queria fazer o camiño Português desde o Porto fez-nos umas quantas perguntas acerca dos pneus, material e pouco mais.
Uns kilómetros mais à frente, em Vila Nova de Ourém por exemplo tinhamos sido mais bem servidos e por menos dinheiro, seguramente! Quem tem a perder são eles, que não me vêem lá mais nenhuma vez! Seguímos em direcção a Tomar onde um almoço familiar nos esperava. Ou melhor, como chegámos primeiro nós é que esperámos eheh. À saída da Cova da Iria, mesmo a entrar na vila de Fátima o Tó furou, ou melhor apercebeu-se de que tinha rasgado o pipo. Ele saltou, cortado pela base. Trocámos a câmara de ar num ápice e fizémo-nos ao caminho. A estrada até Ourém é a descer e o tapete é muito bom. Percurso rolante e cénico pois avista-se o castelo ao longe.
A partir daqui é uma sequência de sobe e desce por uma nacional que nos levou mesmo ao centro de Tomar onde nos refastelámos na relva de um jardim à beira do Nabão à espera das nossas mulheres.
E foi assim que acabou esta primeira etapa de um circuito de muitas viajens que planeio fazer com a Timberlina e quem me quiser acompanhar!
Um abraço

31 comentários:

Enzo Meireles disse...

Bravo! Parabéns e obrigado pelo relato tão detalhado e divertido.

Estudei três anos em Tomar e vivo em Carcavelos, um dia gostaria de fazer este percurso, parece ter sido uma boa aventura!

Continua assim!

Gonças disse...

Viva Enzo.
Basta acrescentares uns 10kilómetrozitos de Linda-a-Velha a Carcavelos ;o)
Aconselho-te a ires treinando aos poucos, para calejar antes do passeio...de resto, a aventura é dar a primeira pedalada!
A meio do caminho ainda pensei em ir dormir no dia 2 a Tomar, no pq de campismo. No dia 3 descia até Constância e daí até ao entroncamento onde apanhava o comboio! É fazível.
Se precisares de alguma ajuda apita!
Abraço

Enzo Meireles disse...

obrigado!

Tenho já alguma experiência e tenho feito alguns passeios a solo (ex: carcavelos - Oriente e regresso, etc), mas nada tão longe como Lx - Tomar! :)

Uma viagem dessas está nos meus planos para o ano que vêm!

Gonças disse...

Dá-le!
Para o ano quero ver se estou a fazer o camiño Francês!!
Abr

Enzo Meireles disse...

depois em Tomar, o que fizeram para o regresso?
carro com as mulheres?
Foste logo embora ou ficaste por lá uns dias?

fixe era o regresso de bicla :D

também não percebi porquê Tomar.
Tens família lá?

Mais duas perguntas ;D
para te orientares também levavas um mapa?
dizes que acampaste, levas uma tenda? deve ser levezinha...

--
um sonho que tenho é o de fazer Vila Real de St. António até Valença, deve ser uma pedra!

Gonças disse...

SIm viemos de carro, mas a ideia original era vir de comboio...talvez do entroncamento

O regresso de bicla também foi ponderado, mas pelo Oeste. Mas o tempo não dava para mais.

Porque não Tomar ;o). Tenho lá família, mas não foi por causa disso. Foi decidido no meio da viagem e escolhido pela proximidade e pela lesão.

Tenda, allways...nem é muito leve...mas é pequena.

Levei um mapa, mas o caminho até Fátima está marcado...é diferente e muito engraçado

Já fiz Valença - VRST e Rio de Onor - Sagres, mas de mota e no mesmo espírito, o máximo fora de estrada, ir autónomo (tenda, dormir no mato, refeições tb no mato, etc.)

é MESMO uma pedra

Enzo Meireles disse...

fixe! obrigado pelas respostas!

um abraço,
enzo

enzo meireles disse...

mais uma pergunta :D

quando acampas, o que fazes com a bicla para não fanarem?
pões um cadeado?, prendes à tenda?

ab.

enzo

Gonças disse...

Ponho um cartão a dizer: "Protegida por extrema violência" eheh

prendo a algo fora da tenda,e tenho-a sempre em frente da tenda, onde posso vê-la. só isso.

Acampo é o mais escondido possível.

Enzo Meireles disse...

calculo que o alforge vai para dentro da tenda?

levas muito equipamento nas tuas viagens? (câmaras extra, etc?)

Gonças disse...

népia...tenho-os mesmo aparafusados ao porta-bagagens ;o)

Alguma, mas pouca. Estou cada vez menos dependente da tecnologia portátil e cada vez mais feliz! eheh

Sou muito optimista, demasiado talvez, mas nunca tive azar com assaltos! Aliás, adoro a pacatez do país, especialmente no interior!

Se quiseres contactar por email fá-lo para gnpais arroba hotmail

abr

Gonças disse...

espera...câmara de ar? pensava q perguntavas por câmara de filmar ou fotografar!

Tenho um estojo de ferramentas preso ao banco, que uso sempre. Tem um kit de remendos, uma camara de ar, desmontas, chaves sextavadas, de fendas, de bocas, uma pequena chave inglesa e vários fitas plasticas de serrilha e um bocado de fita americana. Quero acrescentar um Quebra-elos e um elo de ligação, no caso de partir a corrente. Levo uma bomba de ar de 3€ que se porta à maneira.

Hernani disse...

Viva Gonças, gostei de ler este reporte. Impecável. Pelos vistos somos vizinhos (alges).
Também ando a fazer uns quantos passeios sempre que posso ao fim de semana tendo em vista um Lisboa-Porto pela costa marcado para a 2ª quinzena de Outubro,autónomo.
Vai ser o primeiro grande "raide2 vamos ver como corre...

abraço..

Gonças disse...

Porreiro pá! (como diz o outro)
Isso é fixe. Eu no fds só ando de vez em qdo no Domingo de manhã. Este mês (19 e 20) vou dar outra volta mais o meu cunhado (Évora, Montemor, por aí). Essa tua viagem é muito porreira....vai contando notícias.
Se quiseres combinar algo é só apitar.....abraço

Hernani disse...

Viva

É uma boa idéia, essa de Évora, ida e volta de bike? quais as prespectivas de itinerário?

se me permites deixo-te o meu blog

http://servicos-digitais.com/hc

Gonças disse...

prespectivas, prespectivas...não são muitas...só as de que devemos apanhar o barco para o Barreiro cedíssimo para apanharmos o primeiro regional para Casa Branca no Pinhal novo (o das 7h00). Depois a ideia era apanhar a ecopista Evora ramal de Mora (http://www.evora.net/percursos/ecopista.htm), do qual não temos mais info para além da que está na net.
O teu blog é 5 estrelas!
abraço

Yorgan disse...

Bom antes de mais Parabéns pelo feito e pelo sentido de humor da escrita.
Acho que tens a descrição mais recente que encontrei do caminho do Tejo.
Vou fazê-lo no prox dia 19-20 de Out, mais 3 amigos, vamos sair de Malveira-Mafra
Queria perguntar-te 2 coisas:
-Exactamente, exactamente podes dizer-me quantos Km sao de Lx a Fátima?
-Pensamos que o caminho se faz perfeitamente em 2 dias, verdade?
Dormir nos Olhos de Água-Alcanena, è boa ideia, na tua opiniao, claro?
Um abraço,
Yorgan

Gonças disse...

Boas yorgan.
Exactamente, mente, o meu ciclo-computador do LIDL marcou 195 Kms. Isto contando desde a saída de casa e claro tens de somar mais uns kms por causa das tiradas feitas a sacar cavalo ;o).

Ficar nos olhos de àgua acho que é boa-ideia, mas isso vai depender do vosso ritmo. É nessa zona a fronteira entre o caminho mais rolante e o mais técnico e exigente (se calhar um pouco antes). Eu apostava em ficar um pouco antes da vila de Monsanto...e tomar o pequeno-almoço no café da associação local... não sei porquê mas parece-me que seria um excelente começo de dia!
Mais alguma dúvida não hesites em contactar.
Abraço

Yorgan disse...

Boas Gonças,
bom pareçe que vamos mesmo a Fátima! Queria perguntar-te algumas coisas mais.
Em Santarém pelo que entendo existem 2 caminhos! um pela cidade e segue pela N3...e outro tb pela cidade mas que vai por onde foste>Fab cerveja Cintra>estradões>Olhos de Agua, certo? Ambos os percursos têm as setas azuis?
Arranjei um alojamento em olhos de agua, Centro de Ciência viva que tem camaratas a 8€ com caminha (boliche) leçois, toalhas e banho quente!!! e um restaurante em frente com quem já falei a prevenir a nossa chegada, que espectáculo, a simpatia das pessoas é alucinante; Bom mas por agora o que me está a fazer confusão é mesmo a cena de Santarém, daz-me uma luz? Queremos obviamente seguir pelo caminho que vai para Olhos de Agua e nao pela N3>Alcanena, ke me dizes? Um abraço, Yorgan

Gonças disse...

Viva...depois quero ver o relatorio ou fotos ok?
Como se devem ter apercebido, em Santarém foi onde andei mais perdido. Existem os 2 caminhos, o tal de Alcanena, maioritariamente pela N3 e o outro que foi o q eu segui, que vai pelo interior. Ambos partilham a N3 após a rotunda da fábrica da Cintra. Em certa altura uma vira para o interior (não sei dizer em q localidade). Eu enganei-me na rotunda e fui por outra estrada, mas ia com um nome de uma localidade em mente e lá cheguei Checka no meu relatório essa localidade e tenta safar-te.
Abraço e boa viagem..depois diz-me algo sobre o "Minde epic" ;o)

Yorgan disse...

Ok Gonças, devido às tuas espectaculares e engraçadas descriçoes acho que vou tb criar um blog só pelo gozo de registar a coisa e dar gozo a outros como a mim me deu ler a tua epopeia, além do informativo que tem; Bom entao dizes-me que existem setas na rotunda do Cintra, acho que é mesmo por ai ke keremos ir, pois de outra forma no vamos sair a Olhos de Agua, né?
Já agora o Minde Epic é depois de Olhos de Agua, certo? Ou seja pra nós no dia 2, correcto?

Gonças disse...

Yorgan..na rotunda se há setas não as vi. Eu saí na segunda saída (em direcção a "Romeira" e uns kms à frente virei à direita para "azóia de baixo" onde reencontrei as setas, mas deveria ter saído na primeira, para a N3. É por aqui que, supostamente, seguem os 2 caminhos. Mais à frente existe uma bifurcação, e o caminho pelo interior segue via "Azóia de baixo", mas esta não a fiz.

O "Minde Epic" é após os olhos de água sim. Dia 2, quase de certeza, não se ponham a fazer isto de noite...a não ser que queiram contar umas histórias porreiras ao pessoal depois ;o)
abr

Yorgan disse...

Boas Gonças, desculpa nao ter dito nada entretanto mas é que fomos mesmo a Fátima dos dias 19 e 20 e tenho andado a digerir a experiência e como tb vou escrever um blog a coisa está mais por ai tenho umas 500 paginas!!! Logo te envio o endereço. Bom mas posso dizer-te que meti o pessoal a tomar o pequeno almoço no clube Rec, de Monsanto, ah pois foi, de facto é bem à maneira, só que sai de lá à paulada pois nem bela rapariga, nem bolo de Noz nem ... bom foi giro. Quanto ao Minde Epic o meu pessoal adorou e ficou o nome, no sei se te lembras mas existe um pós Minde Epic mais pequeno mas tb digno do nome.
Tenho a agradecer-te a companhia, levei algumas descriçoes tuas impressas e nalguns casos foste uma ref. Um Obrigado Meu, do Luis do Hugo e do Miguel.
Kero ainda dizer-te que o Centro de ciência Viva do Alviela é um espectaculo e entao se estiver a Telminha de serviço... Até o senhor do restaurante foi espectacular. Um mimo esta aventura.
Um abraço.
Yorgan

Gonças disse...

AAHAHAHAHAH queres ver que criei um mito?? O famoso pequeno-almoço de Monsanto servido pela beldade que já não se vê!!

Gonças disse...

AH! Estou ansioso por ver esse blog. Isso e a Telminha ;o)

Já temos na forja mais uns quantos raides em autonomia...queres ver que um dia ainda damos um salto a Mafra?? ;o)

Yorgan disse...

Boas Gonças, tenho já o Blog a jeito de uma visita, acabeio agora mesmo e ...chiça que esta cena dá uma trabalheira, as fotos entao!
Bom ficas com o endereço e logo me dizes que tal.

http://aventurasdebina.blogspot.com

Acho que vais gostar das fotos do Minde Epic, ao vê-las ainda se te vai arrepiar a pele de tao danada que é o trilho.
Ah que vais gostar de ver o teu querido GRD Monsanto ehehehehe, se quiseres tenho fotos de lá de dentro ehehehehe.
Um abraço, Yorgan

Gonças disse...

Já tenho o blog na mira...vou ve-lo!
abraço

Yorgan disse...

Boas Gonças, tudo Ok?
queria perguntar-te uma coisa, como consegues que ao fazer uma pesquisa no google por exemplo apareça o teu blog? É que sinceramente nao consigo que o meu apareça nem na 20ª pagina de busca e até já meti tags e tudo...
Que porra!
Agora para algo completamente diferente, acho que um dia destes vamos fazer Braga>Santiago, estamos a habituar as nossas mulheres e já este fim de semana devemos ir almoçar a Olhos de Agua, para elas verem...sabes como é...e depois Santiago era bem bom, estamos todos animadissimos com essa possibilidade, ai é que era praticamente em autonomia e lá vou necessitar outra vez da tua ajuda para umas belas dicas, ehehehehee!
Fica bem
Yorgan

Gonças disse...

Boas...isso é muito porreiro.
Criei uma associação comunitária de promoção da utilização de bicicletas e temos um núcleo de cicloturismo. Só vamos abrir ao povão lá para 2009, mas vamos fazer um fim-de-semana em autonomia já no 8 de Dez e planeamos fazer o camino de santiago francês, lá para o Verão...
O camino português já o fiz a pé e tem zonas de serra muito porreiras, em que temos que levar a bicla dentro de ribeiros. No camino podes aproveitar os abrigos dos peregrinos e escusas de levar tenda!
Alguma coisa vai apitando, mas fá-lo para o email!
Abraço

Tiago disse...

boas de novo, se o objectivo da tua viagem era o de passar por Fátima, o caminho do tejo não é mau, mas se o objectivo era o de ir até Tomar sem ter de passar em Fátima então posso te arranjar um track gps ou para veres no google earth, do caminho de santiago que parte de lisboa e que passa nas outras localidades que referi no outro comentário, é mandares um mail.

Tiago disse...

tmarques17@gmail.com